Intervenção Psicológica pela Arte

Em vésperas das eleições presidenciais, a atividade das sessões semanais de IPA (Intervenção Psicológica pela Arte) com os jovens pretendeu trabalhar a tomada de decisão responsável, uma importante competência socioemocional. Através de um jogo metafórico, os jovens tiveram de escolher 3 de entre 10 personagens que seriam levadas para outro planeta e que garantiriam a sobrevivência da espécie humana, num hipotético cenário apocalíptico, em que só 3 pessoas sobreviveriam noutro planeta. As decisões tomadas teriam de ser bem fundamentadas, consientes das consequências das suas esolhas e teriam de ser consensuais. A partir deste exemplo, foi feita a ponte para as eleições presidenciais e foi feito um exercício de exploração e reflexão acerca do tema. Nestas sessões, através de dinâmicas de intervenção psicológica em grupo (um contexto psicossocial rico em estímulos e potencialidades), a arte serve como veículo para o desenvolvimento de competências socioemocionais. Esta exploração acontece numa viagem em que fazemos acontecer algo, mas também na qual permitimos que algo nos aconteça. Acabamos por ser a viagem que acontece num espaço de formação que se transforma numa sala de experiências.