Oficina Lírica do Som

A Oficina Lírica do Som é um espaço onde se organizam ideias, emoções e pensamentos através da criação de poemas que são, posteriormente, interpretados e transformados em músicas. A linguagem entendida como poesia urbana ou poesia de rua é valorizada enquanto meio de expressão daquilo que é a real experiência de vida de cada um. Episódios marcantes, dedicatórias a pessoas que valorizam e visões sobre a vida são alguns dos temas que guiam o processo que acontece dentro do estúdio de gravação e, aquilo que escrevem, vê a luz do dia no confronto com o microfone. Aqui, os jovens autores, com o auxílio de instrumentais também eles produzidos na Oficina, debitam as suas letras e têm a possibilidade de se escutarem durante o processo. É neste encontro com eles mesmos que as histórias que escrevem deixam de ser, exclusivamente, deles e passam a pertencer ao mundo, possibilitando uma nova interpretação daquilo que escrevem na 3ª pessoa. Este processo criativo é, muitas vezes, catártico e materializa-se numa linguagem artística da qual se orgulham e valorizam.

Em Janeiro, iniciamos um novo projeto na Oficina Lírica do Som ligado àquele que virá a ser o nosso espetáculo de final de ano, focado na história de Fernão de Magalhães e a Circum-navegação. Cada música contará um pedaço desta narrativa que é interpretada por cada jovem de uma forma criativa e pessoal, permitindo uma maior apropriação do conhecimento.